Ricardo Vélez Rodriguez é um religioso (nunca li nada dele, exceto comentários por terceiros, jornalistas) que diz que “Darwin é mais um” tirando com isso a relevância dele. BEM, MINHA OPINIÃO é a seguinte, pior do que está não fica. SE (EU disse SE) ELE IMPLEMENTAR UM BOM PLANO DE ALFABETIZAÇÃO, tradicional, antigo, do nosso tempo JÁ VALEU. Ele não é louco de tirar a Teoria da Evolução do currículo. Se o fizer também, será inócuo … Agora, eu preferiria alguém mais “técnico’, mas como eu sempre digo é impossível ser NEUTRO, mas poderíamos ser mais OBJETIVOS.

Na área dele, ele tem um currículo acadêmico invejável, de filosofia à teologia passando pela politicologia. Professor da UFJF, colombiano naturalizado brasileiro e com assento em vários institutos. Ou seja, não é um bosta de um Haddad, ou um Mercadante, gente que não sabe nada do assunto e já virou ministro da educação.

Não me arrependo de ter votado 17, até agora, no meu ponto de vista, o único GRANDE ERRO foi o ministro das relações exteriores, um cara chamado Ernesto Araújo adepto de uma visão de mundo conspiracionista. Troque o vilão do “imperialismo” da Esquerda pelo vilão do “globalismo” da Direita e tu vai entender o cara. Ao invés de culpar Trump (quem ele admira) substitua por George Soros, um mega-investidor bilionário que apoia grupos de esquerda ao redor do mundo.

Daí eu te pergunto, os problemas do Brasil tem a ver com esses dois, Trump ou Soros ou nós mesmos?

Anselmo Heidrich

23 nov. 18