Se tem uma palavra que eu não gosto é tradição. Foi pela tradição que esta merda surgiu, pelo hábito de comer animais exóticos e foi pela tradição que a floresta Amazônica ardeu, pois é o método de produzir mais em maior área (ao contrário do mundo desenvolvido), foi pela tradição que o tigre e o panda estão a beira da extinção, por uma bobagem chamada “medicina oriental” (a medicina é só uma, assim como a matemática e a física, o resto é poesia), foi pela tradição que jovens meninas foram estupradas em massa na África do Sul, para combater doenças venéreas (aumentando o surto de HIV), e está sendo pela tradição que idosos crentes se reúnem em cultos, é pela tradição que o mundo não anda. Quem se desenvolve, inova e deixa a tradição no museu.

Anselmo Heidrich