Agora, me diz uma coisa, quando assistimos um filme de tramoias, conspirações etc, os caras não vão se encontrar na puta que pariu com detector de escuta escondendo o rosto para não ter leitura labial e o escambau? Como que no Brasil, uma deputada federal tenta subornar um ministro da justiça a favor do presidente através de mensagens (escritas) em um aplicativo de celular?!?!?!

É muita certeza de impunidade. Ou como disse um amigo, “no Brasil se acha que isso não é crime, nem imoral, afinal, é seu padrinho de casamento”.

Anselmo Heidrich