O período de distanciamento social que passamos e de quarentena em boa parte do mundo tem sido um fator que levou à experimentação forçada do ensino a distância – homeschooling – que, para mim, diferentemente da maioria dos pais, foi uma bênção. Acontece que o despreparo tem sido grande e esta é a base dos relatos negativos porque, na verdade, antes disso tudo acontecer, as famílias não tinham por hábito interagir com seus filhos na hora dos estudos. Conheço, já vi isto em reuniões de pais nas escolas, mãe e pai reclamarem da quantidade de tarefas que seus filhos levam semanalmente para casa: APENAS TRÊS DIAS! E cá entre nós, “tarefas-baba”, sem um centésimo do grau de dificuldade que eu tinha em minha época. Papo de velho, sei, mas nem por isso menos verdadeiro.

O texto abaixo expõe dificuldades e que são verdadeiras, mas peca, para mim, peca muito, em não tratar adequadamente da grande oportunidade que este momento de crise nos proporcionou: o de mostrar que educação vem de casa, mas tem que ser TREINADA em casa. Depois não adianta vir culpar os professores por isso e aquilo se teu filho for adestrado, doutrinado e sequelado mentalmente por ideologias se VOCÊ não fez sua parte.

#ensinoadistancia

#homeschooling

#quarentena

Anselmo Heidrich