Há quatro anos atrás…

Contar um causo de tresontonti pr’ocês.

Estava na farmácia com meu filho (3,5 anos) e ao me dirigir ao caixa ele me pergunta:

— Papai, o que é isso?

Bem em frente a ele, na altura de seu rosto, várias camisinhas, embalagens coloridas etc.

— Ah… isso é pra dar segurança quando for namorar.

O guri me olhou como sem entender nada. Meu papo não tinha pé nem cabeça. Só que eu não desisto fácil…

— Isso é pra não nascer ninguém e não ficar doente. Pegar vírus ou ter nenem.

A essa altura não era só ele que me olhava como se eu fosse um ET tentando cantar em russo, o atendente do caixa já apertava o lábio segurando uma risada.

Às vezes a sabedoria manda recolher o time e tentar uma outra vez, mas a situação já tinha virado uma questão de honra para mim.

— Ah… É tipo uma luva de boxe, tu põe no xixi para dar soco…

Eu deveria ter calado minha boca. Ele me olhava como se eu estivesse drogado. Apareceu uma mulher do nada também se segurando pra não rir e o atendente, provavelmente com pena de mim dizia “é… dá, tipo uns socos mesmo”.

Bem… conclusão da história:

1) Se eu fosse um estatista baixaria um decreto proibindo a exposição de camisinhas a menos de 1 metro do piso;

2) Como eu sou um liberal fui pra casa pensando em estudar uma forma de explicar o assunto pro garoto.

Mas por ora, FELIZ ANO NOVO PRA VOCÊS!

Anselmo Heidrich

31 dez. 19


Imagem Condoms (fonte): http://pngimg.com/download/45244