O governo brasileiro tem o esboço de um Plano Nacional de Segurança Pública. Bem, antes tarde do que nunca e, em que pese o acerto de atuar mais firme nas fronteiras, por onde se traficam armas que abastece o crime organizado não há menção, na nota do Palácio do Planalto sobre o endurecimento das leis. Parece que ainda há um forte incentivo à criminalidade enquanto tivermos leis brandas no país.

Cf. Plano Nacional de Segurança Pública vai racionalizar sistema penitenciário — Palácio do Planalto

RL