Se tiverem paciência leiam esta matéria, bastante curta, aliás: Hard for Dilma Rousseff to clean up Brazil’s dirty politics | Letters | World news | The Guardian. Nela, o jornal britânico de esquerda, The Guardian defende que Dilma Rousseff caiu porque atacou privilégios, como salários que excediam o teto do serviço público de seus ministros e funcionários. Patético, não? Após uma entrevista avassaladora do repórter da Al Jazeera nos depararmos com uma bobagem dessas faz com que percamos totalmente o respeito pelo Guardian. Em que pese ser um jornal “de esquerda”, pelo menos havia alguma credibilidade na apuração dos fatos e uma justificativa em que tínhamos argumentos com um mínimo de lógica. Mas acho que após tantos revezes para a esquerda mundial no ano de 2016, o desespero bateu às suas portas e agora nos brindam com este lixo que chamam de “análise”.

RL

dilma-se-cala
Não há muito que se possa dizer a favor de Dilma Rousseff, mas uma coisa sim: sua incompetência foi de tal monta que sem ela, o PT levaria muito mais tempo para cair como caiu, para ser desmascarado como foi e para capitalizar o desprezo que a maioria dos brasileiros lhe devota. Neste sentido bem específico, obrigado Dilma!