Depresyon

 

Muitas vezes não se percebe o efeito de nossas ações, sobretudo quando executadas com a melhor das boas intenções. A maior parte de nossa legislação é formatada nesse espírito, de uma “constituição cidadã”, para a qual a oferta de direitos, em detrimento de deveres que bem pode se chamar de “garantismo” garantiria, como um passe de mágica, sem se preocupar com a origem e disponibilidade de recursos, uma sociedade melhor, o nirvana social. É praticamente uma ideia religiosa, anti-científica, antieconômica que está por trás de nossa legislação brasileira. O brasileiro comum (e aí se inclui a casta de legisladores e a subcasta de operadores do direito) acha realmente que fazer leis muda a economia, como se a lei, em sentido jurídico tivesse o mesmo peso, a mesma força que uma Lei no universo físico. Neste artigo, muito preciso e direto temos a análise de um empreendedor, logo, de alguém com conhecimento de causa de como um regime de trabalho homogêneo, uniforme tem o efeito extremamente maléfico sobre aqueles que poderiam, ainda com muito esforço trabalhar e nutrir o esforço de estudar para sair de sua condição de vida estagnada. Vejam e se a tristeza servir de inspiração para mudar este quadro, já valeu o esforço da leitura:

O tamanho único está matando o Brasil https://osdivergentes.com.br/outras-palavras/o-tamanho-unico-esta-matando-o-brasil/

RL